Hello, guys!

Começamos aqui no inFlux Blog uma série para falar sobre as preposições in, on e at, em inglês. Se vocês ainda não leram o primeiro post (onde falamos da preposição in), confira nesse link aqui. E façam também o exercício da preposição in aqui.
Já falamos aqui que alunos de inglês, ao aprender as preposições, muitas vezes tentam memorizar regrinhas e isso faz com que o raciocínio se torne lento e, consequentemente, a fala também. Imagine a seguinte situação: na hora de falar “no carro” ou “no ônibus” em inglês, você precisa pensar “será que esses são espaços específicos ou superfícies planas?”
Confuso, não é mesmo? Então, que tal somente lembrar que no carro em inglês é in the car e no ônibus em inglês é on the bus? E é simples assim! Dessa forma, é só aceitar que é assim mesmo que nativos falam e reproduzir!



Falando nisso, vamos então aprender combinações, conjuntos de palavras que aparecem com a preposição on:

On Monday Na segunda

On Tuesday Na terça

On Wednesday Na quarta

On Thursday Na quinta

On Friday Na sexta

On Saturday No sábado

On Sunday No domingo

Vejam que se quiserem dizer no domingo de manhã; no sábado à noite; na segunda à tarde; etc, também usaremos on:

On Sunday (morning) No domingo (de manhã)

On Saturday (evening) No sábado (à noite)

On Monday (afternoon) Na segunda (à tarde)

On Tuesday (night) Na terça (à noite)

Quando falamos de datas:

On Christmas Day No dia de Natal

On (May) (29thNo dia (29) de (maio)

On (my) birthday No (meu) aniversário



Observem agora o uso da preposição on com algumas partes do corpo. No entanto, memorizem essas combinações e continuem prestando atenção em outros exemplos, pois para dizer, por exemplo, no meu coração, diríamos in my heart. (Ou seja, mais uma vez, não pensem nas regras e sim nas frases prontas!):
On (my) leg Na (minha) perna

On (my) finger No (meu) dedo

On (my) shoulder No (meu) ombro

Vocês devem estar agora se perguntando sobre aquela regrinha que diz que usaremos a preposição on para falar em superfícies. Essa regra é até verdade em alguns casos, mas não se apeguem, pois muitas vezes a equivalência difere (bastante!) e nem sempre a regra se aplica. Vejam:

On the table Na mesa/sobre a mesa

On the dresser Na cômoda/sobre a cômoda

Até aqui tudo bem, não é? Observem (e tentem gravar) as próximas combinações em que usaremos on:

On the bus No ônibus

On the wall Na parede

On the floor No chão/no andar

On the phone No telefone

On the farm Na fazenda

Agora, quando falamos nomes de ruas, os americanos usam on e os britânicos normalmente usam in:

On 26th Street Na rua 26 (AmE)

On 9th Avenue Na avenida 9 (AmE)

In Baker Street Na rua Baker (BrE)

In Oxford Avenue Na avenida Oxford (BrE)



Guys, é isso por hoje. É claro que usaremos a preposição on em outros contextos, em outras combinações e situações. Mas esse é um começo. Lembrem-se que a melhor forma de memorizar o que aprendemos hoje é anotar e criar novos exemplos. Caso tenham dúvidas, deixem um comentário!

Aproveitem para treinar com esse exercício:

Exercício – Trabalhando a preposição “on” em inglês!

E leia a parte 3, onde falamos do at.


Bye for now!