Vai fazer um mochilão pela América do Sul? Procure as melhores escolas de idiomas e comece já a treinar seu espanhol!



Fazer um mochilão pela América do Sul é uma das melhores formas de conhecer uma grande variedade de países em uma única viagem. Afinal, são diversos tipos de paisagens, os povos são receptivos, o câmbio é favorável e o acesso, isento de visto.

Como o perfil do mochileiro é mais independente e aberto a mudanças repentinas de rumo, é possível pensar em roteiros bem ecléticos a fim de aproveitar ao máximo cada novo local.

Para que não haja imprevistos ao longo do mochilão pela América do Sul, porém, é importante se organizar. Quantos dias você tem para viajar e quanto dinheiro você pode gastar? Quais os países que não podem faltar em seu trajeto? Como está seu espanhol? Essas são algumas das questões fundamentais que devem ser consideradas.


Organizando o roteiro do mochilão pela América do Sul

 

Alguns países são indispensáveis para um roteiro de mochilão pela América do Sul. Claro que tudo vai depender de quanto tempo você disponibilizará para a aventura e de como você organizou suas finanças para a hospedagem, passeios e transporte.

 Tirando o próprio Brasil, que conta com um cenário incrível de praias e muita natureza de norte a sul, algumas alternativas são:


Argentina

 A Argentina oferece opções para todos os gostos. Se você busca uma viagem mais cultural, pode começar por Buenos Aires, que abriga diversos museus, casas de tango e teatros tradicionais. Mar Del Plata, por sua vez, é ideal para quem quer curtir a vida noturna, pois possui boates e cassinos muito famosos.

 Quer esquiar? Então, você precisa ir para Bariloche, com belas montanhas e lagos. Ainda no lado gelado do país, Ushuaia é o ponto mais ao sul do planeta e, lá, é possível ver lindos pinguins no Parque Nacional Terra do Fogo.


Chile

Muitas pessoas costumam visitar o Chile quando adicionam a Argentina ao seu mochilão pela América do Sul, devido à proximidade. Sua capital atrai muitos turistas por causa das vinícolas e da rica arquitetura, repleta de palácios e mirantes.

Quem quer curtir uma praia precisa conhecer Viña del Mar, e quem não abre mão de aventura, o Deserto do Atacama, com seus 200 quilômetros de extensão.


Uruguai

O Uruguai é outro país que pode facilmente ser inserido no roteiro do mochilão pela América do Sul, junto aos anteriores. Comece passeando pelos prédios históricos da capital, Montevidéu, e, depois de explorar a cultura local, usufrua de um belo pôr-do-sol à beira do Rio da Prata.

 

Para o mochileiro que busca desbravar praias, Punta del Este e Punta del Diablo merecem mais de um dia de estadia em cada.

Você pode visitar, ainda, Paraguai, Equador, Bolívia, Colômbia, Venezuela e Peru. Todos eles são ricos em cultura e belezas naturais, porém, exigem mais tempo, devido ao maior deslocamento.


Outros itens importantes para um mochilão pela América do Sul

 

Além de escolher os países, você deve tomar providências importantes para que não haja imprevistos ao longo do mochilão pela América do Sul. É fundamental, por exemplo:

  •  adquirir um seguro de viagem internacional;
  • organizar as finanças e reservar um dinheiro extra para eventos inesperados;
  • anotar telefones úteis, seja de pessoas da agência de viagem ou da embaixada brasileira;
  • pesquisar opções de hospedagem em todos os locais;
  • ler avaliações de turistas sobre cada lugar.

Também é importante saber falar espanhol para se comunicar mais facilmente. Afinal, esse é um tipo de viagem em que devemos conversar com o máximo de pessoas possível. Assim, antes de colocar os planos em prática, procure as melhores escolas de idiomas e inicie seus estudos!


Veja mais artigos em nosso blog e boa viagem!