Hey there!

Imagine a seguinte situação: seus pais duvidam que você tenha passado a tarde estudando e você quer enfatizar que realmente estudou. Como você falaria isso em português? Provavelmente, seria algo como “eu estudei SIM!” ou “eu estudei de verdade” ou, ainda, “eu realmente estudei”. Mas como ficaria em inglês?

Pode ser que a primeira coisa que venha à sua cabeça foi usar a palavra “really” que significa realmente em português. E que tal aprender uma outra forma de enfatizar que algo realmente aconteceu?

Então, abra o seu Lexical Notebooko app gratuito da inFlux que te ajudará a memorizar o vocabulário, e adicione as frases que você aprender aqui. Desta forma, você conseguirá acessar as informações de forma rápida e fácil e praticar em qualquer lugar! So let’s check it out! 

Em inglês, podemos usar do, does ou did para darmos essa ênfase em alguma ação.


Para facilitar sua aprendizagem, a melhor maneira para aprender como usá-los será através dos chunks que são palavras que frequentemente são usadas juntas por um nativo do idioma. Com eles, você aprenderá vocabulário de forma mais eficiente, sem chances cometer erros na tradução e, ainda, você aprenderá gramática de forma interligada ao vocabuláro! Legal né? Então, não se esqueça de anotar tudo em formas de chunks, ok? Vamos ver agora exemplos com “do” como ênfase:

I do (know) itEu (sei) sim! Eu (sei) de verdade! Eu realmente (sei)! / É claro que eu (sei)! Eu (conheço) sim! Eu (conheço) de verdade! Eu realmente (conheço)! É claro que eu (conheço)!

I do (love) you! Eu te (amo) sim! Eu te (amo) de verdade! Eu realmente te (amo)! É claro que eu te (amo)!


Vamos ver estes exemplos em um contexto?

She thought I didn’t know how to drive but I do know it. Ela pensou que eu não sabia dirigir, mas eu sei sim.

I do love you. You were my first love. Eu realmente te amo. Você foi meu primeiro amor.


Basicamente, você poderá fazer esta combinação “I do” com várias outras palavras, sempre para dar o sentido que você realmente faz algo, basta você trocar o que está entre parênteses por outro verbo. Você também poderá trocar o “I” e falar you do, we do, they do para “você realmente”, “nós realmente” e “eles / elas realmente”. Veja estes exemplos:

I do want to spend time with you. Eu realmente quero passar tempo com você.

You do need to apologize to her. Você precisa pedir desculpas para ela sim.

We do like living in this area. É claro que nós gostamos de morar nesta área

They do work in that company. Elas realmente trabalham naquela empresa.


Sabe quando você está cansado de alguma atitude e quer enfatizar um pedido? Você também poderá usar o “do” nesta situação. Veja só:

Do call Julia, she really needs to talk to you. Por favor, ligue para a Julia, ela precisa muito falar com você.

Do listen to me when I talk to you. Por favor, me escute quando falo com você.

Do pay attention, will youVocê, por favor, presta atenção.


Agora, observe como ficam os exemplos com a palavra “does”:

She does (know) itEla (sabe) sim! Ela (sabe) de verdade! Ela (realmente) sabe! / É claro que ela (sabe)! Ela (conhece) sim! Ela (conhece) de verdade! Ela realmente (conhece)! É claro que ela (conhece)!

He does (love) you! Ele te (ama) sim! Ele te (ama) de verdade! Ele realmente te (ama)! É claro que ele te (ama)!


Confira mais exemplos e como nós também podemos substituir o que está entre parênteses para adaptar ao que queremos falar:

She does look gorgeous in that dress. Ela fica realmente maravilhosa naquele vestido.

He does play very well. Ele joga muito bem sim.

She doesn’t know that, but she does dance well. Ela não sabe disso, mas ela dança bem de verdade.

He does know a lot about it, right? Ele realmente sabe muito sobre isso, né?

I don't agree with you. He does work very hard! Não concordo com você. Ele trabalha duro sim!


E por último, você pode usar “did” quando quiser enfatizar que realmente fez algo. Olha só:

I did (say) that! Eu (falei) aquilo sim! Eu (falei) aquilo de verdade! Eu realmente (falei) aquilo! 


Dá uma olhada nestes outros exemplos e como também podemos variar o que está entre parênteses:

Yeah, I did say goodbye. Sim, eu disse tchau sim.

I did work hard on this, thank you! Eu realmente trabalhei duro nisso, obrigada!

Yes, I did study, but I when I saw the test, I forgot everything. Eu estudei sim, mas quando eu vi o teste, esqueci de tudo.

I did know what I was doing. Eu sabia sim o que estava fazendo.

My teacher thought I didn’t like her class, but I did like it! Minha professora pensou que eu não gostei da aula dela, mas eu gostei sim!

He didn’t think so, but I did love him. Ele achava que não, mas eu realmente o amava.

I did call you, but you didn't answer! Claro que eu liguei pra você, mas você não atendeu!


Agora para praticar, imagine a situação: Alguém diz que você não ficou em casa ontem, e você quer responder que ficou sim em casa. Como você responderia esta pessoa?

A – I know you didn’t stay home last night! Eu sei que você não ficou em casa ontem à noite!


Resposta: I did stay home last night! Se você respondeu algo diferente, não se preocupe, continue praticando, crie mais frases no seu Lexical Notebook e se ainda ficar com dúvidas, manda pra gente!

 

Pronto! Agora você aprendeu uma nova forma de frisar o que aconteceu sem usar really! E que tal aprender formas de substituir o very? Confira nestes posts:

Indo além além do “very” – Part 1
Indo além do “very” – Part 2

That’s it for now!

See ya