Um dos recursos mais úteis para quem estuda inglês é ter um bom dicionário e saber usá-lo. Além de descobrir o significado de palavras e suas traduções, ainda é possível aprender questões de uso do vocabulário (formal, informal), exemplos, gramática e também a pronúncia de palavras.

Procurar palavras em um dicionário é simples. As entradas aparecem em ordem alfabética, então basta encontrar a seção referente à letra inicial da palavra desejada, e procurar pela palavra dentro dela.

Dentro da entrada selecionada, temos várias informações referentes a ela. Algumas palavras possuem derivadas ou podem ter mais de um significado. Nesses casos, podemos ter várias definições na mesma entrada, separadas por números, ou várias entradas da mesma palavra, diferenciados por uma numeração acima deles, como ilustrado no exemplo abaixo. (clean¹, clean², clean³, etc.)

Como escolher um dicionário?

O primeiro passo para uma boa pesquisa é ter em mãos um dicionário que atenda bem as suas necessidades. Temos disponíveis no mercado hoje diversos tipos diferentes, desde os temáticos até os voltados para a gramática. Mas afinal, o que deve ser observado na hora de escolher o dicionário ideal?

A primeira dica é: independente do seu nível de inglês, ter um bom dicionário bilíngue é fundamental. O dicionário bilíngue é aquele que traz traduções das palavras da língua nativa para a língua alvo e vice-versa. (Português-Inglês / Inglês-Português, Português-Espanhol / Espanhol-Português). Esse dicionário é essencial porque vai ajudar na hora de achar a melhor equivalência em português (muitos trazem exemplos e mais de uma tradução), o que é muito importante para quem estuda inglês. Além do mais, a forma mais rápida de entender algo, em inglês, é buscando a equivalência. O Longman Dicionário Escolar (imagem abaixo) traz notas sobre possíveis problemas de tradução e explicações das melhores equivalências para palavras, termos e até mesmo expressões em inglês.  

O Longman Dicionário Escolar conta também com collocations, exemplos em frases, e mostra o uso de preposições, além de inserir a palavra em um contexto. Isso facilita muito para que o aprendiz crie seus próprios exemplos para praticar. Legal, não é mesmo?

Por sua vez, um dicionário monolíngue é aquele que traz definições somente em inglês das palavras buscadas. Eles são excelentes para treinar a leitura. Busque sempre aqueles que trazem também collocationsexemplos, e orientações acerca das palavras. Aqui na inFlux, sugerimos os da Longman e também Oxford.

Percebam como a mesma palavra é representada em cada um desses modelos (clique na imagem para melhor visualização):

Como já falamos aqui no Blog, a melhor forma de aprender o idioma é aprendendo chunks of languages - combinações de palavras. Então, ao pesquisar uma palavra no dicionário, busquem todas suas equivalências, collocations, preposições que geralmente a acompanham, expressões com essa palavra e não somente a palavra solta. Dessa forma, é possível enriquecer o vocabulário e saber como usar as palavras aprendidas.

Independente de ser bilíngue ou monolíngue, é importante atentar-se também à edição (ano de publicação) na hora de adquirir o seu dicionário. Isso porque, com o passar dos anos, novas palavras – e até mesmo gírias – usadas em nosso cotidiano são integradas à língua e adicionadas aos dicionários. O ideal é sempre buscar edições mais atuais e dicionários voltados para a linguagem contemporânea, pois esses mostram o que é mais usado atualmente, deixando de lado exemplos e vocabulário que já não são mais tão usados.

Há ainda no mercado dicionários mais específicos, como aqueles com termos técnicos e científicos, específicos para sinônimos, verbos, temáticos, etc. Caso seu interesse seja específico, vale uma pesquisa sobre os diferentes tipos disponíveis!

Você já deve ter percebido que não é só isso! Alguns dicionários contam com várias abreviaturas e símbolos que podem nos ensinar desde a classe gramatical da palavra até a pronúncia da mesma, mas isso é assunto para uma outra hora!

Para praticar tudo que vimos hoje, que tal procurar algumas palavras em um dicionário, anotar suas definições ou traduções e montar vários exemplos com elas baseando-se em tudo que já aprendemos aqui no Blog?


Leia também:

Dica de inglês e espanhol: qual dicionário escolher?


Have fun studying!

Bye bye!