A experiência de passar um tempo em outro país já foi sinônimo de sonho inalcançável no passado. Em tempos mais recentes e de menor recessão econômica, a ideia de estudar no exterior através de um programa de intercâmbio voltou a ser priorizada, principalmente entre os mais jovens. E para que se tire maior proveito desta experiência, é necessário muito preparo e dedicação, não é mesmo? Confira então algumas dicas de como se preparar para fazer um curso no exterior!

Em um programa de estudos no exterior, falar inglês é essencial. Mesmo que o país escolhido não tenha o inglês como língua oficial, não há dúvidas de que o inglês é considerado idioma universal. Portanto, saber se comunicar de maneira avançada em inglês será pré-requisito da grande maioria dos cursos que você pesquisar. O método inovador da inFlux pode te ajudar, porque vai te ensinar a pensar em inglês de maneira rápida e focada em seu objetivo. Que tal conhecer?

O próximo passo é escolher bem o curso a ser feito lá fora, pois há uma infinidade de opções nas mais diversas áreas que se pode imaginar – desde programas curtos de férias, como desenvolvimento técnico, informática e culinária até programas completos de graduação e pós-graduação. Uma pergunta que podemos fazer para ajudar a definir o curso apropriado é “por quanto tempo pretendo viver esta experiência?”.

Um detalhe importante: o país escolhido precisa estar de acordo com as suas características e gostos pessoais (talvez não seja a melhor experiência fazer um curso de inverno na Rússia se você não gosta de frio ou um curso na Índia se você não gosta de calor, certo?). O site especializado em cursos no exterior GoAbroad.com também pode ajudá-lo a decidir o caminho a seguir.

Se a sua ideia é estudar em um país cuja língua é o inglês, confira esta matéria especial sobre os 5 melhores países de língua inglesa para morar!

inbound-como-se-preparar-para-um-curso-no-exterior-img1.jpg

 Uma vez que o curso e o período já estejam definidos, o segundo passo é estabelecer uma maneira para que se possa “bancar” essa experiência. Algumas dicas para se programar financeiramente são:

  • Busque um financiamento junto à uma instituição bancária que apoie projetos educacionais;
  • Alguns países e algumas instituições providenciam suporte financeiro à alunos estrangeiros: os sites International Educational Financial Aid e International Student Loan possuem uma ferramenta de busca que permite pesquisar instituições americanas que auxiliam alunos em busca de amparo financeiro;
  • Economizar uma quantia mensal também vai ajudar. Alguns softwares e aplicativos fornecem orientação em relação às suas contas e inclusive permitem lançamentos de metas financeiras como “sonhos” ou “objetivos”!

Considere também que preparar uma experiência desse porte será muito divertido, mas também exige muita atenção com detalhes importantes, como a documentação. Tenha certeza de que:

  • Você possui um passaporte válido e visto de estudos do país de destino (se necessário);
  • Você preencha corretamente os formulários de aplicação;
  • Você tem sempre em mãos os documentos do programa e das acomodações e produza cópias dos originais;

Boa parte dos programas oferece ajuda com o processo de aplicação, vistos, acomodações, seguros de viagem e de saúde. Verifique com antecedência se o programa escolhido oferece auxílio!

inbound-como-se-preparar-para-um-curso-no-exterior-img2.jpg

Então, se você já está decidido a estudar no exterior, o mais importante agora é dominar o inglês o quanto antes, não é mesmo? Procure a unidade inFlux mais próxima e não perca tempo!

Deixe seu comentário com suas dúvidas e teremos o maior prazer em respondê-las. See you later!

735x123px_1.png