Paisagens exuberantes e alpinas, lagos azuis entre montanhas e muita, muita neve. Esse é o cenário de Bariloche. Localizada em meio à Patagônia Argentina, a cidade é ideal para quem esquia, para quem gostaria de aprender esse esporte e, também, para aqueles que desejam conhecer uma das mais belas cidades argentinas.

Para que seja possível usufruir dessa viagem sem gastar todas as economias, selecionamos algumas dicas para você. Com isso, você poderá selecionar as alternativas mais econômicas e não comprometer todo o orçamento.

Devido à sua proximidade geográfica e a diferença climática, é enorme a quantidade de brasileiros que vão em busca de aventura em solo argentino todo ano. Talvez por isso, a cidade ganhou um apelido interessante e criativo: “Brasiloche”.

Agora, vamos às dicas sobre Bariloche para brasileiros!

Compre sua passagem aérea com antecedência

O primeiro passo para brasileiros economizarem na viagem à Bariloche é antecipar a compra da passagem aérea. Assim que decidir pela viagem, comece a pesquisar, compare preços e fique atento a promoções. Quanto mais perto do dia, mais cara ela fica. Ou seja, jamais deixe para a última hora se o objetivo é poupar.

Fique atento aos táxis

Outra importante dica de Bariloche para brasileiros é: sempre que andar de táxi, confira se o veículo possui taxímetro. Alguns motoristas fazem de tudo para cobrar uma quantia fixa pela corrida. Mas, na maioria das vezes, o custo é bem mais baixo se for seguido o valor do taxímetro. Fique atento a esse detalhe!

Opte por hostel em vez de hotéis

Por ser um local turístico, Bariloche para brasileiros, ou para qualquer outro turista, é muito caro. Para se ter uma ideia, os preços são facilmente comparados aos praticados em Paris. Assim, uma excelente forma de economizar é optar por se hospedar em hostel em vez de hotel.

Como você passará grande parte do dia na rua, o que importa não é o luxo, mas, sim, achar um local confortável e bem aquecido para repousar.

Escolha um hostel bem localizado

Dê preferência por uma hospedagem mais central e que possibilite passeios a pé. Dessa forma, você economizará bastante com o transporte, além de ter mais independência para fazer o que quiser na hora em que bem entende.

Não troque o dinheiro no Brasil

Ao invés de trocar seu dinheiro no Brasil, faça isso na Argentina, onde a cotação é melhor. Inclusive, você pode trocar um pouco no aeroporto quando chegar e o restante nas próprias lojas no centrinho de Bariloche. No comércio local, é possível negociar ainda mais, principalmente se você realizar alguma compra.

Faça a sua própria comida

Outra vantagem de ficar em hostel é que esses locais possuem cozinha, o que permite que você faça a sua própria comida e economize bastante, já que os restaurantes são bem caros por lá.

Coloque em prática o seu espanhol 

A sua viagem para Bariloche também pode ser muito mais tranquila se você souber falar em espanhol, pois o domínio do idioma é algo que facilitará muito na comunicação. Além disso, os próprios argentinos negociam com mais facilidade com quem fala a sua língua.

-- 

Gostou do nosso artigo sobre Bariloche para brasileiros? Continue lendo os artigos do nosso blog para obter mais dicas de viagens!