Hey, there. Esse post é comemorativo e vamos falar sobre cultura, tradição e uma data muito importante nos Estados Unidos, o dia da independência americana, chamado de: Independence Day ou 4th of July.

Um dos feriados mais populares dos Estados Unidos, o Independence Day, tem grande importância histórica e afetiva para os americanos. Foi em 4 de julho de 1776 que o país declarou sua independência: saiu da condição de Treze Colônias subordinadas ao Império Britânico para se transformar nos Estados Unidos da América.

Vamos ver algumas curiosidades sobre essa data tão importante para os americanos? Os números dos eventos do 4 de julho são impressionantes, olha essa lista curiosa que a Revista Forbes apurou:

- São consumidos mais ou menos 317 milhões de quilos de frango.

- A sobremesa favorita para a data é o sorvete. Quanto de sorvete? 1.823 litros!

- Cachorro quente é outra paixão nacional: 150 milhões de salsichas são consumidas.

- O total de gastos com comida para o feriado é de US$ 6,6 bilhões.

- Os americanos não se importam em gastar US$ 695 milhões em fogos de artifício.


Como a maioria dos feriados americanos, a independência dos Estados Unidos é marcada por desfiles, fogos de artifício e churrascos em todo o país, e ao longo dos anos, a data foi ganhando comemorações diferentes, mas sempre como uma demonstração de patriotismo. Aprenda algumas frases, em inglês, relacionadas a um dos costumes dessa época, os fogos de artifício:

This year we’re going to see the fireworks on TV. Esse ano vamos ver os fogos de artifício pela TV.

We set off fireworks on the 4th of July. Nós soltamos fogos de artifício no dia da independência.

Americans celebrate the 4th of July with fireworks. Os americanos comemoram o 4 de julho com fogos de artifício.

Ao assistir jogos de futebol americano, basquete, etc. algo que ouvimos no começo do jogo é o hino nacional e imagino que você já tenham escutado a música “Star Spangled Banner” (algo como "bandeira estrelada") que se tornou o hino oficial dos Estados Unidos em 1931, apesar da letra da canção ter sido escrita em 1814 por Francis Scott Key, durante a guerra de 1812.

A letra é um retrato do que ele testemunhou durante o bombardeio de Fort McHenry pela frota britânica durante a Guerra de 1812. A luz das bombas e canhões iluminavam a bandeira hasteada, que permaneceu em pé mesmo depois de uma longa noite de batalha, sendo motivo de orgulho para estes patriotas. A letra reverencia a bandeira de listras e estrelas que representa esta terra de oportunidades, lar da liberdade. Veja um trecho:

“O say can you see by the dawn's early light,

What so proudly we hailed at the twilight's last gleaming,

Whose broad stripes and bright stars through the perilous fight,

O'er the ramparts we watched, were so gallantly streaming...”

 

“…And the rockets' red glare, the bombs bursting in air,

Gave proof through the night that our flag was still there;

O say does that star-spangled banner yet wave,

O'er the land of the free and the home of the brave?”


Um fato interessante é que muitos americanos consideram outra canção, a “America the Beautiful” como o hino dos Estados Unidos. Uma canção tão patriota quanto o “Star Spangled Banner” mas que possui uma letra mais voltada para o país e não para a bandeira, como o hino oficial.

Falando um pouco mais sobre números, muita coisa mudou: na época da declaração da independência, 1776, a população era de 2,5 milhões de pessoas; os últimos dados, que são de 2019, apontam mais de 329 milhões de pessoas.

No conteúdo histórico, o texto da Declaração de Independência dos Estados Unidos, que teve como Thomas Jefferson seu principal autor, se tornou conhecido no mundo inteiro e inspirou importantes capítulos em outros lugares, como por exemplo, a Revolução Francesa.

Leia um trecho:

“We hold these truths to be self-evident, that all men are created equal, that they are endowed by their Creator with certain unalienable rights, that among these are life, liberty and the pursuit of happiness. That to secure these rights, governments are instituted among men, deriving their just powers from the consent of the governed”.

“Consideramos estas verdades como evidentes por si mesmas, que todos os homens são criados iguais, dotados pelo Criador de certos direitos inalienáveis, que entre estes estão a vida, a liberdade e a procura da felicidade. Que a fim de assegurar esses direitos, governos são instituídos entre os homens, derivando seus justos poderes do consentimento dos governados.”


And how about now listening to "Star Spangled Banner" and "America the Beautiful"?

Star Spangled Banner

America the Beautiful

E aproveite para pesquisar se seu artista americano favorito já não cantou o hino em algum evento como no início de jogos, vai um exemplo de alguns que cantaram no Super Bowl:

Nos conte nos comentários se seu artista favorito americano já cantou o hino em algum evento.

Leia esse post para praticar mais o inglês e comemorar o 4th of July:

3 dicas para preparar um barbecue tipicamente americano!

E por fim, uma sugestão de filme que conta um pouco dessa história: “O Patriota”, dirigido por Roland Emmerich e com Mel Gibson, Heath Ledger e Tchéky Karyo.


Well guys, that’s it for today. Happy 4th of July!