Quando queremos trazer um assunto usando algo que acabou de ser mencionado, em português usamos “falando nisso”, “por falar nisso” ou “a propósito” os três podem ser usados da mesma maneira, são apenas formas diferentes de dizermos a mesma coisa. Você sabia que em inglês também possuímos três formas para dizer isso? Mas não se engane e tente traduzir o que usamos em português ao pé da letra pois desta forma, além de demorar muito mais para chegar ao resultado, você pode acabar com algo que não faz sentido. No fim das contas, essa acaba sendo a maior dificuldade de quem está aprendendo um idioma, você conhece várias palavras, mas na hora de se comunicar fica difícil montar as frases. É por isso que quando aprendemos de maneira Lexical, por meio dos chunks o aprendizado é muito mais rápido e fácil pois, por meio dos chunks você aprende as combinações mais comuns em um idioma, pronto pra usar, sem depender de traduções ou decorar regras, diminuindo suas chances de erro. Mas, ter contato com o conteúdo apenas uma vez não é o suficiente para realmente aprender, é preciso revisar e praticar até que este vocabulário novo se torne natural para você. Para isso desenvolvemos o app gratuito da inFlux, Lexical Notebook. No app você pode anotar os chunks que aprender para tê-los sempre em mãos quando quiser praticar. Lá você pode organizar suas anotações por categorias, criar seus próprios exemplos e ainda utilizar recursos como quizzes para revisar o que aprendeu. Então, com o seu Lexical Notebook aberto, vamos começar!

A primeira forma que vamos te ensinar hoje é a mais comum, e você muito provavelmente já a ouviu em algum filme ou música:

by the way a propósito / por falar nisso / falando nisso

Esta maneira é extremamente comum e praticamente todos os nativos a usam livremente. Confira os exemplos:

I think we've discussed everything we needed to. By the way, what time is it?  Eu acho que nós discutimos tudo o que precisávamos. Falando nisso, que horas são?

By the way, I heard that Phyllis may be moving to Dallas. A propósito, ouvi dizer que Phyllis pode se mudar para Dallas.

By the way, you forgot to cash that check. Por falar nisso, você esqueceu de sacar aquele cheque.


A segunda forma é bem semelhante a primeira e pode ser usada da mesma forma, nas mesmas situações mas, é usada com uma frequência menor pelos falantes do idioma.

 by the by a propósito / por falar nisso / falando nisso

Veja ela em alguns exemplos:

Beckett was an amazing playwright. There's a lecture on his work tomorrow, by the byBeckett era um dramaturgo incrível. Há uma palestra sobre seu trabalho amanhã, por falar nisso.

By the by, I passed right in front of your house today. A propósito, eu passei bem na frente da sua casa hoje.

Passing through Pond Point, by the by, was part of their plan. Passar por Pond Point, a propósito, era parte do plano deles.

E por último, mas certamente não menos importante, a terceira forma é mais informal e mais comumente usada no inglês falado.

speaking of (which) a propósito / por falar nisso / falando nisso

Veja nos exemplos como podemos usá-la da mesma forma que “by the way” e “by the by”:

A - Jess is at a birthday party. Jess está em uma festa de aniversário.

B - Speaking of which, are you coming to my birthday on Saturday? Falando nisso, você virá para o meu aniversário no sábado?


It's cold out there but I should go to school. Speaking of which, where is my coat? 
Tá frio lá fora, mas eu tenho que ir para a escola. A propósito, cadê meu casaco?

Também podemos substituir which na expressão pelo que desejamos falar na frase, por exemplo:

A- There’s still plenty of time to buy Christmas presents. Ainda tem muito tempo pra comprar presentes de Natal.

B- Speaking of presents, what are you getting me this year? Falando em presentes, o que você vai me dar este ano?


A - Mary's been working really hard lately. 
Mary tem trabalhado duro ultimamente.

B - Speaking of working hard, when are you getting back to work? Falando em trabalhar duro, quando você vai voltar ao trabalho?

E chegamos ao fim de mais um post. Por falar nisso, agora que você aprendeu essas três expressões, que tal criar seus próprios exemplos com elas no seu Lexical Notebook? Lembre-se que a prática é parte fundamental no aprendizado de um idioma!

Ficou alguma dúvida? Manda pra gente!

See you!